quinta-feira, 4 de março de 2010

EVERYBODY HURTS


1. Todo mundo sofre as vezes
Como somos impregnados de subjetividade, de detalhes sórdidos, de solidão, de desespero... Como nossa carne é fraca e nossa alma abatida! Como não confiamos e nem temos esperança quando, por uma questão de sobrevivência da auto-estima, deveríamos ser nossos maiores aliados, mas ao contrário nós nos entregamos, e sofremos, metemos os pés pelas mãos... Estou convicta de que nós mesmos boicotamos nossa felicidade e temos uma tendência auto-destrutiva, seja em relacionamentos amorosos, amizades, relacionamentos familiares e outras formas íntimas de convivência. Nós criamos expectativas, deduzimos coisas, atiramos pedras, julgamos, ou pior sentenciamos. Em resumo: fazemos tudo errado! Seja como for o fato é que todo mundo sofre. E infelizmente não sofremos apenas com surpresas da vida, enfermidades, falência bancária, morte de amigos e parentes... quem dera fosse só isso que nos atingisse como uma bomba! mas sofremos por que esperamos demais, ou precipitamos demais... Sofremos por amar e não só por não ser amado. Sofremos por que sonhamos, porém nós mesmos desacreditamos desse sonho; por que gostamos mais de uma pessoa do que gostamos de nós. Sofremos por tentar nos enquadrar num padrão de felicidade que nem sequer teve nossa contribuição ao ser idealizado. A questão não é entender por que sofremos. Não, nem sequer chega perto dessa pretensão. A proposta é conceber que todos nós sofremos, mas até que ponto devemos nos permitir sofrer tanto...
2. Não abandone a si mesmo
Nem preciso dizer que "estar do seu próprio lado" é o primeiro passo para a aceitação, e olha que nem estou falando de equilíbrio, por que se ele existe, eu, infelizmente, ainda não o conheci. Mas "jogar no seu time" é uma decisão que você e eu devemos tomar. Tentar, dia a dia, nos boicotar menos, eu diria. Por que toda essa efervescência emocional é natural e saudável. E antes de afundar na areia movediça de um texto chato de auto-ajuda, eu queria dizer que, fique enfurecido se quiser, mas Deus nos fez assim. [pausa para reflexão]
O que quero dizer é que Ele, colocou esses ingredientes explosivos em nós. Ok, alguns fomos nós mesmos. Mas a iniciativa dEle é que o desafio extraordinário de nossas humildes vidas fosse lidar com isso. E acredite, não dá pra fingir que tá tudo bem, temos que enfrentar isso cedo ou tarde.
Em todas as mensagens de Jesus (Baker já disse isso, não vou repetir) ele fazia questão de nos deixar pistas sobre esse desafio de não nos abandonar. A sua incrível insistência de nos ensinar a amar, não de uma forma corruptível e danosa, mas de uma forma libertadora. De procurar conforto nos amigos, mas sabendo que se algum deles nos trair, tudo bem, isso só fará mal a eles mesmos. Jesus nos incentiva a ter uma relação mais próxima com o nosso Pai, para resolver certas questões, pra pedir conselhos, pra buscar ajuda em quem realmente nos entende, e não em pessoas que certamente fingem, desprezam nossos sentimentos e ainda nos julgam, como se não tivessem problemas. Ele diz: "Eu vos chamo de amigos" (João 15:15) mas não queremos a amizade dEle, queremos persistir em relações tóxicas. E é exatamente nesse ponto que eu digo, sem melodrama, não abandone a si mesmo. Faça escolhas melhores. Pense nos braços que estão sempre abertos, nos braços da cruz.
3. Aguente firme!
Eu concordo que não é um processo tão simples, por que culturalmente fomos levados a acreditar que é preciso dar alguma coisa em troca pra Deus. E eu que estudei, li, refleti, sobrevivi a adolescência, ainda não sabia que nada disso era verdade. E se você não sabia, tome fôlego por alguns minutos; se for preciso, faça como me ensinaram: vá e pegue uma xícara de café.
Quando nos aproximamos de Deus, certos de que não temos nada que O agrade, aí sim estamos conseguindo nos aproximar de verdade. Quando não sobrar nada do Deus aterrorizante que pintaram pra nós, aí sim Ele vai se mostrar. Por que Ele sabe que se já temos uma ideia formada sobre Ele, não adianta conversar. Sabe, quando abrimos mão de conclusões á respeito de Deus, Ele se mostra um maravilhoso Pai. Quando 'limpamos as lentes do óculos' do nosso entendimento, vemos realmente aonde Jesus está. E essa relação com Eles nos deixa mais confiantes pra lidar com o nosso turbilhão interior. Recebemos uma paz interior que funciona como remédio para o sofrimento que causamos a nós mesmos. E olha, isso é tão bom...
O problema de ser auto-destrutivo assim, por tanto tempo, é que olhamos com desconfiança para quem nos ama realmente. Jesus até pega em nossa mão, mas a gente solta, não aguenta firme. Por que junto com Cristo vem a necessidade de auto-avaliação, vem um "olhe para si mesmo" que é insuportável para nós. Ele não deixa de nos contar o que está errado, mas não queremos ouvir. Preferimos o 'fundo do poço' ao 'estender a mão e gritar socorro'. É justo isso consigo mesmo? O que existe de atrativo na tristeza? na desilusão? no estado miserável da alma? Nada. E por que não aceitar ajuda dEle? Orgulho? Fraqueza? Covardia? Se sim, ótimo. Este é o estágio da ação. Quando assumimos que não precisamos dar nada em troca pra Deus, justamente por que não temos nada, aí sim dá pra pegar firme nas mãos dEle. Mas dessa vez, aguentando o impulso do resgate, por que Ele está disposto a nos salvar de tudo, inclusive de nós mesmos.

6 comentários:

  1. Olá! Graça e paz. Passando para conhecer seu espaço, benção pura. Que Deus continue te sustentando , te aperfeiçoando e te estabelecendo no cumprimento de todos os propósitos D'Ele para sua vida. Um fim de semana de conquistas em Deus pra vc e se quiser nos visitar será uma alegria.
    blogdamulhercrist.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Suzaninha . Obrigada por sua passagem lá no blog, foi uma alegria e uma grande benção. Quero parabenizá-la pelo seu dia e que vc viva todos os maravilhosos projetos de Deus pra vc. Bj grande.

    ResponderExcluir
  3. já cheguei aqui, custei mas achei
    abraçoss

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Nossa! Nossa! Que inteligência em Dr Susana!!!

    uauauauau!!!!!1

    mafffffffff!!!! agora eu fiquei bobo!!! muito bom.

    passando aqui pra ver seu espaço online e não é que eu goistei! rsrrss

    poxa! Que Deus te abençoes grandemente....

    abraços
    espero que também vc possa recomendar este link: http://www.kelps.com.br/leart/product_info.php?products_id=1382

    e este aqui também: http://www.jlmartinns.com/2010/01/jl-martins-livros-alem-dos-poderes-da.html

    ResponderExcluir
  5. Graça ePaz irmã em Cristo , agradeço a deus que continue a levantar mulheres virtuosas que pense no seu papel como mulher, mãe, esposa, amiga neste dias .
    A maior virtude da mulher é saber o seu papel como serva do nosso Senhor Jesus

    ResponderExcluir

Por uma simples questão de ordem peço que haja educação e bom senso em suas palavras. Esse é um blog para Cristãos, onde discutiremos os conflitos de nosso cotidiano, se você é ateu não venha me ofender com suas opiniões particulares, esses posts não são direcionados à você. Diante disso, vá ler um pouco, estudar e sedimentar sua opinião de que Deus não existe por que em breve vc terá que dizer isso à Ele, então é bom que vc esteja seguro do que pensa(risos).